23 de junho de 2024

iPhone 15 começa a ser vendido no Brasil; veja preços e o que muda – Metrópoles

 iPhone 15 começa a ser vendido no Brasil; veja preços e o que muda – Metrópoles
Compartilhe


Metropóles
atualizado
Começam nesta sexta-feira (29/9) as vendas do iPhone 15 no Brasil, apenas uma semana depois do início da comercialização nos Estados Unidos e em outros 40 países.
O principal lançamento da Apple em 2023 está disponível nas principais lojas do ramo.
Os novos modelos do iPhone têm preços que variam de R$ 7.299 e R$ 13.999.

Estão disponíveis para venda o iPhone 15, o iPhone 15 Plus, o iPhone 15 Pro e o iPhone 15 Pro Max.
Na quarta-feira (27/9), os aparelhos já estavam disponíveis na fase de pré-venda por meio do site da empresa e na iPlace, a revendedora oficial da Apple, com 144 lojas no país.
Um relatório da Wedbush Securities mostra que a procura pelos novos modelos do iPhone aumentaram de 10% a 12% em relação ao iPhone 14.
“O movimento é fortemente voltado para o iPhone 15 Pro/Pro Max, com o Pro Max excepcionalmente forte nos EUA, China, Índia e partes da Europa”, informou a instituição financeira em relatório aos clientes.
“As unidades do iPhone deverão chegar a cerca de 85 milhões e poderão chegar perto de 90 milhões no mundo”, projeta a Wedbush Securities.
Como noticiado pelo Metrópoles, o iPhone 15 Pro e o iPhone 15 Pro Max ganharam um acabamento em titânio e, segundo a Apple, serão os mais leves da categoria Pro já fabricados até hoje.
O iPhone 15 Pro e o iPhone 15 Pro Max foram equipados com o novo processador A17 Pro, que permite ao celular oferecer uma experiência melhor com jogos.
Os novos aparelhos contam com um sistema periscópio de lentes que oferece uma capacidade de zoom até duas vezes maior. O novo iPhone é mais leve e tem capacidade de processamento e memória mais potentes.
Câmera com mais zoom
O sistema conhecido como periscópio oferece maior capacidade de zoom, além de melhor qualidade na imagem. O iPhone 15 tem uma capacidade duas vezes maior de ampliar as imagens, por meio da própria lente física, em vez de software.
Aparelho mais leve
O novo iPhone da Apple é 10% mais leve do que as versões anteriores. A parte traseira do aparelho mantém o aspecto de vidro fosco dos modelos tradicionais, mas as bordas que conectam a lateral e a frente se tornaram menos afiadas.
Botão para silenciar e abrir a câmera
O interruptor de silenciar se tornará um “botão de ação” que pode ser personalizado para desempenhar várias funções, entre as quais ligar a lanterna ou abrir a câmera.
Chips mais rápidos e baterias que duram mais
O novo iPhone tem um chip mais rápido e memória adicional, na comparação com a versão anterior, o que tornará os aparelhos mais responsivos. O principal ganho, no entanto, será na economia de bateria.
Carregador USB-C
A Apple abandonou o modelo Lightning e o substituiu pelo USB-C, o que trará maior velocidade de transferência. O carregamento sem fio será mais rápido para os novos aparelhos.
Sustentabilidade
A Apple deve substituir algumas de suas capas de iPhone de couro e pulseiras dos relógios por materiais mais sustentáveis. O Apple Watch Series 9, por exemplo, é primeiro produto “carbono neutro” da empresa. Os relógios usam 100% de materiais reciclagem na embalagem, além de bateria com 100% de cobalto reciclável.
Apple lança iPhone 15 Justin Sullivan/Getty Images
A Apple está desenvolvendo seu próprio chatbot para entrar na corrida da inteligência artificial Mateusz Slodkowski/SOPA Images/LightRocket via Getty Images
iPhone 15 foi lançado pela Apple Justin Sullivan/Getty Images
iPhone 15, da Apple, foi lançado em uma cerimônia de gala na Califórnia Justin Sullivan/Getty Images
Tim Cook, CEO da Apple, no lançamento do iPhone 15 Justin Sullivan/Getty Images
iPhone 15, da Apple, foi lançado nesta terça-feira (12/9) Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images
 
Todos os direitos reservados
Quais assuntos você deseja receber?
Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:
1.
Mais opções no Google Chrome
2.
Configurações
3.
Configurações do site
4.
Notificações
5.
Os sites podem pedir para enviar notificações
Você quer ficar por dentro das notícias de negócios e receber notificações em tempo real?

source